C’est La Vie

Como diz a música: Hay cosas que te ayudan a vivir…
Pensei umas mil vezes na melhor forma de começar este blog. A gente tem sempre expectativas sobre as coisas e quer deixar tudo amarradinho, bonitinho… Bom, quase sempre as coisas mudam de lugar, e esta “ordem” ficou pra trás. Criar um blog sobre o triste e sobre o feliz não é novidade e nem de longe será a coisa mais original, mas será honesto. E pra começar resolvi ser tão honesta quanto consigo e me abrir sobre estes temas. A exposição típica da internet estará aqui, não posso negar (acho que está na maioria dos blogs), mas terá mais que isso, viu?! Bem mais que isso.
Então, pra começar, resolvi escrever sobre algo feliz e triste, o primeiro post é sobre vida.
Crescer pode causar dor.
Viver é sentir que tudo é possível. A vida vai muito além da minha imaginação. Tem de tudo e falta tanto. Um turbilhão de coisas acontecem desde sempre e a acomodação não funciona direito, muitos sinais vão surgindo, e, inexplicavelmente, uma Síndrome se apresenta. Eu tenho Síndrome do Pânico.
Demorei para entender o que se passava, demorei pra procurar ajuda, demorei pra assimilar. As vezes é difícil compreender o que é, eu posso tentar explicar o que sinto e o que passei (e passo) e, hoje, fazer isso é importante para mim.
TRISTE: sentir seu corpo indo embora / sentir um desligamento do seu corpo / sentir um terremoto por dentro / taquicardia / tremores / frio / sensação de morte iminente / pensamentos viciantes de morte, perda, sofrimento / estado de sofrimento.
FELIZ: renovação / renascimento / amadurecimento / compreensão / paciência / superação.
Este blog não será sobre minha condição, mas achei um bom jeito de começar, de me apresentar honestamente. A vida é uma experiência daquelas de respirar fundo. Convexa, invertida, multifocal, quântica, a vida é indefinição do princípio ao fim.
A vida é labirintite, a vida é fotofobia, a vida é axé, OM, amém, gassho… É yin e é yang. A vida não consiste, a vida é.
Um dia… me disseram que na vida precisamos de duas coisas: coragem e fé.
Um dia… quero compreender isso!
Feliz por começar o blog!
Até!
Vivi Bezerra
Anúncios

Sobre vivibezerra

Alta. Cachos. Andar saltitante. Interessada num monte de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: