não há título

não há margem

não há borda

não há pote

não há precipícios

não há declives

não há oásis

não há lutos

não há renascimentos

não há  dualidade

não há síria

não há lírios

não há deus

não há putaria

não há bebedeira

não há estagnação

não há lixo

não há despertencimento

não há fardo

memórias…
existência a acender e a apagar memórias
memórias embrionárias, venosas, arteriais
memórias de fazer cessar tempo
memórias de um vento a me tocar
corpo sobre a grama
vento de nunca desistir

Anúncios

Sobre vivibezerra

Alta. Cachos. Andar saltitante. Interessada num monte de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: