quem quer ser livre? ou Thor, a liberdade e eu

na rua do pé de acerola mora Thor. de verdade, o cachorro pode chamar-se Poseidon ou Agamemnon, eu não sei. ele é preto e grande e brilhante. mora num espaço 4X3. vive entre sua água, comida e fezes. amanhece e anoitece aos pés do portão, deitado, sempre. é a face da tristeza, de um espírito há muito aprisionado. se lhe falam, nem se mexe. não tem gosto pela vida. certa vez, passava pela rua e vi que o portão vermelho que o prende estava aberto. de início tive medo de passar por perto, o cachorro é grande, já falei. mas não desviei, pensei: deve ter fugido, eu fugiria! mas não, para meu espanto o cão estava lá, deitado, apático, aos pés do portão aberto. de tão triste parece não ter forças para sair, para fugir, para ser livre. sentei por perto e ficamos em silêncio. nos olhamos, cada um de um lado do portão, abertos. pensei em sacudi-lo, em gritar: vai, anda, foge!! corre com o vento, língua e rabo balançando! pula! sente os cheiros do mundo! mas não consegui dizer nada, permaneci quieta, calada, encarando-o. até que ele me falou sobre mentiras, mágoas, sonhos desfeitos, inadequação. me disse coisas sobre crueldade e rejeição. então, calou-se. nos olhamos através do passar do tempo. minha barriga roncou, precisei ir. volto sempre para vê-lo, não sei por que, mas volto. infelizmente, ele nunca mais conversou comigo, nem me olha. acredito que esqueceu como viver ou nunca aprendeu, não sei. queria que ele gostasse de mim, que pudéssemos rir algumas vezes. queria ajudá-lo a andar bem pelo mundo. mas, logo eu, que ando presa nos horizontes diários, que vivo presa entre os muros, entre os aeroportos, entre os amores, entre as flores e os rios. eu, prisioneira de pretéritos, sei o quê? mesmo assim, todos os dias vou ao seu encontro. penso que um dia, talvez, nossos olhares se cruzem de novo e, em silêncio, despreparados e vulneráveis, tomemos para nós as nossas vidas.

Anúncios

Sobre vivibezerra

Alta. Cachos. Andar saltitante. Interessada num monte de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: